quinta-feira, 26 de junho de 2014

CHEGANDO EM CASA (Final)

A casa dos meus sonhos?
Concluí que antes mesmo d’eu sonhar, o Senhor me deu a casa!
Antes mesmo d’eu pensar, Ele já conhecia meus pensamentos!
Antes mesmo d’eu sentir, Ele já conhecia meus sentimentos!

A casa dos meus sonhos?
É aquela que o Senhor me dá antes mesmo de (eu) pedir!
É aquela que o Senhor me dá como um presente de aniversário!
É aquela que o Senhor me dá!

A casa dos meus sonhos?
É aquela dentro da qual posso sonhar livremente!
É aquela dentro da qual durmo bem e tenho sonhos contundentes!
É aquela dentro da qual faço todos os meus sonhos passar da mente para a realidade presente!

A casa dos meus sonhos?
É aquela na qual crio, educo e treino meus filhos.
É aquela na qual os filhos, educados, e treinados, voltam pra casa pra nos fazer sorrir!
É aquela na qual temos espaço para os filhos, os amigos dos filhos e os filhos dos amigos!

A casa dos meus sonhos?
É aquela cuja porta linda está sempre aberta para os amigos queridos.
É aquela cuja porta vermelha está sempre sorridente e se abre para os vizinhos queridos.
É aquela cuja porta decorada está sempre pronta pra celebrar vitórias e mais vitórias bem-vindas!
 
A casa dos meus sonhos?
É esta na qual vivo com meu amado marido e filhos!
É esta na qual me sento, à hora que quero, pra escrever prosas, poesias e blogs.
É esta na qual faço o que quero, quando quero, na maior expressão de liberdade da minha alma artista e feliz!
 
A casa dos meus sonhos?
É esta que está pronta pra receber os filhos e seus cônjuges.
É esta que está pronta pra receber netos e "mais" netos!
É esta que está pronta para adotar mais filhos e mais netos, e até bisnetos!
 
A casa dos meus sonhos?
É esta casinha de tijolinhos vermelhos e porta vermelha.
É esta casinha simples e gostosa!
É esta casinha de paredes de cores deliciosas!
 
A casa dos meus sonhos?
Tem tudo o que quero, do artigo mais novo até a mais linda antiguidade.
Tem tudo o que quero, da comida Brasileira, à Americana e também de outras nacionalidades.
Tem tudo o que quero, roupas, lençóis, toalhas, tapêtes e principalmente minhas fotos nas paredes.
 
A casa dos meus sonhos?
É esta, a qual estou decorando como quero!
É esta, na qual coloco a minha personalidade em cada objeto!
É esta, a casa dos meus sonhos!!!!!
 
Neide Colson.

 

 

 

 

quarta-feira, 25 de junho de 2014

CHEGANDO EM CASA (Parte 8)

Depois de muito sofrer, entendemos que o certo era voltar pros EUA e procurar uma nova casa.
Decidimos ir pra Casper e providenciar uma outra morada provisória – uma casa pra nós e pra Vitória.
Foram 1 ano e meio de bençãos – numa casa gostosa e confortável – uma casa alugada que não era a nossa.
O tempo com os Shades foi muito bom, de benção e de curas – mas a casa não era nossa.










Discernimos que deveríamos nos estabelecer em Johnson City, TN, e procurar uma casa mais definitiva – uma casinha pequenina.
Começamos a procurar e assim o fizemos por muitos meses. Procurando uma casinha pequenina.
Conhecemos a Lisa Kendal que com muita paciência e amor nos ajudou a procurar essa casinha pequenina.

Quando, finalmente, na nossa última viagem, achamos nossa casinha ‘pequenina’, linda e perfeita!



terça-feira, 24 de junho de 2014

CHEGANDO EM CASA (Parte 7)

Preparamos, fizemos as malas dela, e a levamos ao aeroporto. Nós votamos pra nossa linda casa.
Ela foi feliz e chegou na casa dos Shades - a sua nova casa.
Nós ficamos tristes, chorando, agora só tínhamos a Puchi, na linda casa VAZIA!!!!
Linda, grande casa, mas VAZIA!!!!!






O trabalho na Thomas me ocupava, mas não me alegrava. Voltava pra casa vazia!
O ministério do Grão era uma benção, mas não me alegrava. Voltava pra casa vazia!
As festas e churrascos eram boas, mas não me traziam alegria. Voltava pra casa vazia!
Os casamentos e celebrações eram ótimos, mas alegria não traziam. Voltava pra casa vazia!

 
Finalmente decidimos vender a casa e aceitamos um apartamento em Águas Claras –
nossa nova morada!
Completei 50 anos de idade e festejamos no Salão de Festas – na nossa nova morada.
Meu maior presente foi receber o Jônatas, a Vitória e a Sarah – na nossa nova morada.
Trabalhava, cozinhava, ia ao shopping de Águas Claras – na nossa nova morada.




 


quinta-feira, 19 de junho de 2014

CHEGANDO EM CASA (Parte 6)

O Jônatas, filho amado, decidiu voltar para os States pra perseguir seus sonhos,
êle foi para uma nova casa!
Os Wingates o receberam como seu quarto filho, e êle tinha um quarto naquela casa!
O Jônatas ficou muito feliz e os Wingates também, naquela casa!
No Brasil, o Bruce e eu estávamos bem porque ainda tínhamos a Vitória, na nossa linda casa!


Um belo dia a Vitória chegou pra conversar dizendo, o Senhor me chama para uma outra casa!
‘Menina, que estória é essa? Se Deus revelou pra você, há de revelar pra nós sobre essa outra casa.’
Oramos e buscamos a vontade do Senhor sobre a tal casa.
E, Êle, fielmente nos revelou e confirmou que a Vitória deveria se mudar de casa.


sábado, 14 de junho de 2014

CHEGANDO EM CASA (Parte 5)

Aí, chegou o meu príncipe “encantado”, me pediu pra casar e me levou pra uma NOVA casa!
Essa casa era muito longe da minha ex-casa!
Era um castelo, um palácio lindo, a MINHA nova casa!
Naquele castelo nasceram um príncipe e uma princesa, na minha nova casa!


 





Fomos muito felizes naquele castelo, mas ele era emprestado, aquela casa não era nossa.
Vendemos uma casa no Brasil e compramos uma nova casa nos EUA.
A casa do Brasil era branca e a dos EUA era uma linda casinha azul.
A casinha azul era num ‘cul-de-sac’ e ali fomos muito felizes, na nossa casa!


Aí, o Bruce se aposentou e o Senhor coisas novas nos revelou, novas casas nos mostrou!
Vendemos tudo e viajamos, para o Brasil nós fomos de volta pra casa da mamãe.
Por 2 mêses ali ficamos, confortáveis mas sem camas, na casa de mamãe chegamos.
Depois nos mudamos para um ‘apertamento’ na 402 Norte, nossa casa temporária ali ficamos.







Enquanto isso, construímos uma linda casa no Setor de “Mansões Parkway”. Uma linda casa!
Entramos nela ainda inacabada, mas era nossa linda casa!
Fomos muito felizes, e recebemos muitos amigos, na nossa linda casa!
Ministramos a muitos casais ensinando a eles como ser felizes - na nossa linda casa!

 

sexta-feira, 13 de junho de 2014

CHEGANDO EM CASA (Parte 4)

Depois de 3 anos voltamos à Brasília - para uma nova casa!
Voltamos à Memorial Batista - antiga, nova casa!
Re-atamos as amizades - antiga, nova casa!
Re-novamos nossos amores - antiga, nova casa!
 

 
Na UnB tive desafios, mas era uma nova “casa”!
Na Memô tive desafios, mas era uma nova “casa”!
O querido Pr. Gérson me desafiou a fazer discípulos na UnB. Era uma nova “casa”!
Aceitei os desafios e venci - naquela nova “casa”!

Mas Economia não era o meu negócio, aquela era a casa errada!
Entrei no Cântaro e me senti temporáriamente em casa!
Fiz um ano de Teologia e amei “aquela” casa!
Mas, as viagens do Cântaro nos levaram a tantas outras casas!


Decidimos sair de nossas igrejas e procurar uma só casa!
Sai da Memô e fomos pra Igreja de Cristo - nossa nova casa!
Lá encontramos um pastorzão (o Pr. Betão) que nos acolheu como em casa!
Lá crescemos, apanhamos e amadurecemos, como acontece em casa!


 

quinta-feira, 12 de junho de 2014

CHEGANDO EM CASA (Parte 3)

Depois de 3 anos voltamos à Brasília - para uma nova casa!
Voltamos à Memorial Batista - antiga, nova casa!
Re-atamos as amizades - antiga, nova casa!
Re-novamos nossos amores - antiga, nova casa!

Na UnB tive desafios, mas era uma nova “casa”!
Na Memô tive desafios, mas era uma nova “casa”!
O querido Pr. Gérson me desafiou a fazer discípulos na UnB. Era uma nova “casa”!
Aceitei os desafios e venci - naquela nova “casa”!

Mas Economia não era o meu negócio, aquela era a casa errada!
Entrei no Cântaro e me senti temporáriamente em casa!
Fiz um ano de Teologia e amei “aquela” casa!
Mas, as viagens do Cântaro nos levaram a tantas outras casas!

Decidimos sair de nossas igrejas e procurar uma só casa!
Sai da Memô e fomos pra Igreja de Cristo - nossa nova casa!
Lá encontramos um pastorzão (o Pr. Betão) que nos acolheu como em casa!
Lá crescemos, apanhamos e amadurecemos, como acontece em casa!



 

quarta-feira, 11 de junho de 2014

CHEGANDO EM CASA (Parte 2)

Aos 16, mudamos pra Fortaleza, uma nova casa!
Casa perto da praia, cidade linda, casa gostosa, nova casa!
Novos amigos, nova turma, nova igreja, nova casa!
Amigos especiais, turma engrançada, igreja maravilhosa, uma nova casa!



 
Enquanto em Fortaleza, passei 7 meses em Carolina do Sul, numa outra casa!
Fui recebida com carinho e amor pelos donos daquela casa!
Eles se tornaram meus pais, minhas irmãs, minha família, numa nova casa!
Nova cidade, novo estado, novo país, uma nova casa!




 
Voltei pra Fortaleza, pra casa dos meus pais, minha nova, antiga casa!
Fui re-cebida pelos antigos amigos, minha nova, antiga casa!
Me re-adaptei ao carro antigo, Brasília cor laranja, um choque, mas minha antiga casa!
Voltei à minha rotina, na minha nova, antiga casa!